MARROCOS

A vida é um instinto feminino. De propensão para o nascimento, para a criação de almas e de gerações. Não pára o instinto de continuidade e renascimento.

O masculino é morte. Dor. Sentimento bélico de destruição, violência e caos. De Espalhar o terror ao longo da história. Tantas vidas se foram por nada. Mais nasceram e se seguiram..